Orientações para receber a Santa Comunhão

ORIENTAÇÕES PARA RECEBER A SANTA COMUNHÃO

 

            As disposições necessárias para receber a Sagrada Comunhão, tanto aos comungantes como para as pessoas que os acompanham.

PARA OS CATÓLICOS

Os católicos participam plenamente na celebração da Eucaristia quando recebem a Sagrada Comunhão e assim cumprem o mandamento de Cristo de comer o seu Corpo e beber o seu Sangue. Com o fim de estar adequadamente dispostos a receber a Comunhão, os comungantes devem ter a consciência de não estarem em pecado grave, de estarem em jejum por uma hora e de viverem em paz e caridade com os seus vizinhos e demais pessoas.

            As pessoas conscientes de pecado grave primeiro devem reconciliar-se com Deus e com a Igreja por meio do sacramento da Penitência. Recomenda-se receber freqüentemente o sacramento da Penitência.

PARA OUTROS CRISTÃOS

 

            Damos as boas-vindas à celebração da Eucaristia aos cristãos que não estão plenamente unidos a nós. Contudo, não podemos estender-lhes um convite para receber a Comunhão porque ainda sofremos as conseqüências das tristes divisões que ocorreram entre os cristãos.

            Nós, católicos, cremos que a Eucaristia é uma ação da comunidade celebrante em íntima comunhão com o Senhor e que significa a unidade na fé, na vida e na fidelidade da comunidade eclesial. A recepção da Eucaristia pelos cristãos que não estão plenamente unidos conosco significaria uma unidade que ainda não existe. Todos, porém, podemos e devemos rezar para chegarmos a esta unidade tão desejada.

            PARA OS QUE NÃO VÃO RECEBER A COMUNHÃO

 

            Aos que não recebem a Comunhão sacramental se lhes recomenda que expressem em seus corações um desejo ardente pela unidade com o Senhor e com as demais pessoas.

PARA OS NÃO CRISTÃOS

 

Também damos as boas-vindas a esta celebração aos que não partilham nossa fé em Jesus. Embora não possamos estender-lhes o convite para receberem a Comunhão, os convidamos a se unirem a nós na oração.

                                                                       Dom Osvino José Both

                                                                       Bispo Diocesano de Novo Hamburgo.

                                                                       Aos 25 de janeiro de 2003,

na festa da conversão de São Paulo.

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda