Nota de esclarecimento sobre a “Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima”

Nota de esclarecimento sobre a

“Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima”

Atendendo ao pedido de muitas pessoas que se sentem enganadas, e que estão em dúvida se devem continuar pagando no banco o assim denominado “carnê de Maria”, o Bispo Diocesano esclarece que:

Primeiro: A “Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima” não tem autorização para atuação religiosa nas comunidades da Diocese de Jales.

Segundo: A Diocese de Jales não recomenda esta “Associação”, pois engana o povo utilizando a imagem de Nossa Senhora de Fátima para conseguir contribuição financeira, que passa a cobrar através de boleto bancário. Isto é, usa enganosamente a religião e o banco para seus intentos de arrecadação financeira.

Terceiro: Ninguém se sinta obrigado a pagar uma quantia que não deve, mesmo que seja cobrada através de boleto bancário. Joguem estes boletos no lixo!

Quarto: Ninguém se deixe enganar por pessoas que exploram a religião, alegando piedosa devoção a Nossa Senhora para motivar contribuição financeira indevida.

Quinto: Ninguém se impressione com fotos bonitas do Papa junto com a imagem de Nossa Senhora de Fátima, com bispos e padres, pois também são usadas para enganar o povo.

Sexto: A Diocese apela aos estabelecimentos comerciais, inclusive aos bancos e seus funcionários, para que não colaborem com estas manobras, expondo o material desta “Associação”, ou aceitando colaborar com o seu procedimento, para não se tornarem cúmplices desta ação enganosa.

Sétimo: A Diocese recomenda a todos os diocesanos a devoção a Nossa Senhora, invocada sob os diversos títulos de Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Assunção, Nossa Senhora das Dores, e também Nossa Senhora de Fátima, sem que ninguém precise se deixar enganar por pessoas estranhas que em troca desta devoção pedem contribuições financeiras indevidas.

Oitavo: Se ainda houver alguma dúvida, podem procurar sua paróquia, ou diretamente a Cúria Diocesana, que são as instâncias encarregadas de orientar a prática religiosa dos católicos.

Jales, novembro de 2005

D. Demétrio Valentini

Bispo Diocesano de Jales (SP)

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda