Ensaio Coral Nossa Senhora da Piedade

Inicia: 26 de fevereiro de 2019 em 20:00
Termina: 26 de fevereiro de 2019 em 22:00

As vozes do Coral Nossa Senhora da Piedade preparam os tempos litúrgicos, no salão social da igreja Matriz, todas as terças-feiras, das 20h às 22h.

O Coral participa das Santas Missas na igreja Matriz no 1º domingo (9h) e no 3º sábado (17h) de cada mês.

 

O MAVIOSO CORAL DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE
Pe. Inácio José Schuster, Pároco

O Coral Nossa Senhora da Piedade, nascido em janeiro de 1954, completou seu jubileu de platina, 65 anos (2019) cantando e encantando, elevando e transformando. É considerado uma preciosa pastoral, uma vez que conta com uma coordenação e uma regente, a Irmã Veronice Weber, que, incansavelmente, tem ensinado aos coralistas a trabalhar a voz para glorificar a Deus.
Eles aprendem técnicas de impostação vocal, de pronúncia adequada à música sagrada, de postura diante do público, chegando até ao conhecimento de leitura de partitura musical. Os componentes do grupo, formado por pessoas das mais diferentes idades e classes sociais, têm tido a oportunidade de aprender a adorar a Deus com todo talento. “E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no Senhor” (Sl 40, 3).

O Coral como um meio precioso de evangelização
São de grande brilhantismo as ocasiões em que o Coral Nossa Senhora da Piedade executa as tradicionais partes da liturgia, tanto as de Natal como as de Semana Santa e Páscoa, não apenas no templo, mas visando evangelizar vidas que caminham sem rumo para um futuro obscuro. Inúmeros são os testemunhos de pessoas que se converteram quando o Coral entoava hinos de adoração a Deus. A mensagem transmitida por meio da música causa forte impacto nas pessoas.

O Coral gera vida espiritual
Em todas as coisas somos mais do que vencedores. Entretanto, sabemos que, para vencer, temos de batalhar. E, no Coral, não seria diferente. O louvor contagiante é resultado direto de uma disciplina de orações e ensaios durante todo o ano, às terças-feiras. E quando há necessidade, como em ocasiões comemorativas, os coralistas se dispõem a praticar os ensaios de canto também noutros dias da semana. É um empenho muito grande, pois vivemos uma vida muito agitada; no entanto, cremos que vale a pena, pois estamos fazendo para o Rei dos reis e Senhor dos senhores.
Ao longo de tantos anos, trabalhando com o louvor na igreja, é nítido o entrosamento que o grupo já desenvolveu: criaram-se amizades saudáveis e em sintonia com a Palavra de Deus. E as Missas se tornam agradáveis ao Céu e edificantes para a terra. “Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o Seu Nome (Hb 13, 15).

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda