Nossa Senhora da Piedade

padroeira

A origem da imagem de Nossa Senhora da Piedade sempre intrigou a comunidade paroquial. Por isso, em 09 de junho de 1978, ela foi baixada do Altar Mor. A partir de então, foi descoberta a sua inscrição de procedência: Mayer & Munich – Artistic Establichment.

Calcula-se que a imagem esteja na comunidade há 167 anos (2016). O Padre Rabuske S.J. refere-se, no Skt. Paulusblatt, que um tal Josef Strottmann teria doado esta imagem. Não diz em qual fonte se baseou. De qualquer maneira, sabe-se que a imagem é oriunda de Munique (Alemanha) e toda esculpida em madeira, portanto, muito preciosa. Uma vez baixada do seu nicho, foram feitos diversos exames, limpeza, além de uma nova pintura, repetida em 2013, retomando a cor original da imagem.

Paróquia Nossa Senhora da Piedade

1880 † 2016

Criação

Os primeiros imigrantes alemães desembarcaram aqui na região em 1824. A localidade que deu início à Cidade, hoje Bairro Hamburgo Velho, elevou-se à categoria de Freguesia, recebendo a denominação de Nossa Senhora da Piedade de Hamburg Berg.

Para eles, a primeira e a mais poderosa de todas as raízes era a família. A Igreja com seus cantos, festa e orações unia todas as famílias.

Este espírito de Comunidade fez com que fosse fundada, quase no final do século XIX a Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, conforme está testemunhado.

Dom Sebastião Dias Laranjeiras, por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica, Bispo de São Pedro do Rio Grande do Sul, Prelado e Assistente ao Sólio Pontifício, do Conselho de Sua Majestade o Imperador.

Aos que a presente Provisão virem, saúde e bênção. Fazemos saber que atendendo ao que Nos requerem os moradores da povoação de Hamburg Berg, e ao bem espiritual dos mesmos; havemos por bem de criar e elevar à categoria de Freguesia, sob a invocação de Nossa Senhora da Piedade de Hamburg Berg, a qual terá por limites, os marcados na Lei Provincial n. 1000 de oito (08) de maio de 1875, ficando assim erigida e canonicamente instituída em Paróquia, na forma do Sagrado Concílio Tridentino. Portanto, concedemos a supradita Freguesia de Nossa Senhora da Piedade de Hamburg Berg pleno direito e faculdade para ter sacrário em que se conserve o Sacramento da Eucaristia para consolação dos fiéis, havendo a necessária decência e ornato, e tendo rendas suficientes, pia batismal, cemitério para sepultura dos paroquianos defuntos, campanário, torre, sinos e todas as mais distinções de uma igreja paroquial. O Revmo. Pároco respectivo receberá a côngrua anual na conformidade das leis em vigor, além dos emolumentos da Paróquia, e o que for aplicado à sua fábrica, e participará das oblações matrimoniais, nos batismos e desobrigas na quaresma, nos ofícios e sepultamentos de defuntos e todos os demais direitos de estola que por lei estão estabelecidos. Esta será publicada em um Domingo festivo, a estação da missa conventual, para que chegue a notícia a todos, de que se passará certidão no verso desta, para a todo tempo constar, sendo antes registrada em Nossa Câmara Eclesiástica e mais partes onde convier.

Dada e passada na Câmara Eclesiástica do Bispado em Porto Alegre, sob o selo e sinal das Nossas Armas, aos 22 de julho de 1880.

E eu, o Cônego Francisco Antônio Pereira de Oliveira, Secretário do Bispado subscrevi.
+ Sebastião, Bispo do Rio Grande do Sul. Publicada aos 01/8/1880.

Pe. José Antônio Simmen.
Agente Administrador. Povoado.

As Dores de Maria
Bendita Virgem do Calvário
Eis aí tua mãe
Maria ajuda a perdoar sempre e sem condições
Nos braços de Maria – Nossa Senhora da Piedade
Nossa Senhora da Piedade
Nossa Senhora das Dores
Ladainha de Nossa Senhora da Piedade
Orações à Nossa Senhora da Piedade
Coroa das Dores de Nossa Senhora – Terço

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda