Papa convida cristãos a não baixar a guarda frente aos fariseus de hoje

Missa presidida pelo Papa na Casa Santa Marta. Foto: Vatican Media
https://www.acidigital.com/noticias/papa-convida-cristaos-a-nao-baixar-a-guarda-frente-aos-fariseus-de-hoje-39279

Vaticano, 16 Out. 18 / 09:30 am (ACI).- O Papa Francisco chamou os cristãos a permanecer atentos frente aos fariseus de hoje, leigos, sacerdotes ou bispos, mais preocupados pelos preceitos do que pelas pessoas.

O Papa assinalou que aqueles doutores da Lei, escribas, saduceus e fariseus, que seguiam Jesus para ver se conseguiam pegá-lo em um erro que cometesse, “era realmente um exemplo de formalidade. Mas faltava vida a eles”.

“Eram, por assim dizer, ‘engomados’. Eram os rígidos. E Jesus conhecia a alma deles. Isto nos escandaliza, porque eles se escandalizavam das coisas que Jesus fazia quando perdoava os pecados, quando curava no sábado. Rasgavam as suas vestes: ‘Oh! Que escândalo! Isto não é de Deus, porque se deve fazer assim’”.

Francisco assinalou que eles “não se importavam com as pessoas: importava a Lei, as prescrições, os preceitos”.

Durante uma discussão com um desses fariseus, Jesus recebe o convite para comer em sua casa. Como narra o Evangelho do dia, o fariseu “ficou escandalizado” ao ver que Jesus omitia as purificações prescritas pela Lei judaica para antes de comer.

A resposta de Jesus foi devastadora: “Vós, fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades”.

“Não são palavras bonitas, hein!”, destacou o Papa. “Jesus falava claro, não era hipócrita. Falava claro. E disse a ele: ‘Mas por que você olha para o exterior? Olha o que tem dentro’”.

Em outra ocasião, “havia dito a eles: ‘Vocês são sepulcros caiados’. Belo elogio, hein!”, assinalou Francisco com ironia. “Belos por fora, todos perfeitos… todos perfeitos… Mas dentro cheios de podridões, ou seja, roubos e maldades”.

“Jesus faz a distinção entre a aparência e a realidade interior”, afirmou o Pontífice. Ao contrário, “estes senhores são ‘os doutores das aparências’: sempre perfeitos, mas dentro, o que há?”.

Este trecho do Evangelho serviu ao Papa para advertir os cristãos de hoje para que “tenham cuidado com os rígidos. Tenham cuidado com os cristãos – sejam eles leigos, padres, bispos – que se apresentam como ‘perfeitos’, rígidos. Tenham cuidado. Não há o Espírito de Deus ali. Falta o espírito da liberdade”. Por último, também convidou a que “tenhamos cuidado com nós mesmos”.

Evangelho comentado pelo Papa Francisco:

Lc 11,37-41

Naquele tempo, 37enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa. 38O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39O Senhor disse ao fariseu: “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós”.

Nenhum comentário ainda

Comentários desativados

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda