A oração é uma arma para demolir fortalezas

Intimidade com Deus

Deus nos deu a capacidade de destruir qualquer forte que o pirata mais poderoso já tenha construído em nossa vida

“As reuniões para oração coletiva têm resultado em tremendas respostas à oração. Além das respostas específicas, há sempre grandes benefícios espirituais à medida que todos aqueles que estão orando aprendem a persistir mais efetivamente”, disse Dr. Duewel L. Duewel, célebre missionário, pregador e escritor de renovação espiritual.

Todos nós temos importantes decisões a tomar, pois são elas que determinam nossa eficiência em derrubar as fortalezas mencionadas na Bíblia.

Deus nos deu a capacidade de destruir qualquer forte que o pirata mais poderoso já tenha construído em nossa vida. Ele nos dá armas “poderosas em Deus para destruir fortalezas” (2Cor 10.4). A primeira arma talvez seja a mais poderosa que você irá utilizar: a oração. Ela é a grande tarefa para qual todo cristão foi chamado.

Oswald Chambers escreveu: “A oração não nos equipa para as ‘obras maiores’. Ela é a maior obra de todas”. A Bíblia declara claramente o propósito eterno de Deus para nossa vida: “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho…” (Rm 8,29). O desejo do coração do Senhor é que nos tornemos iguais a Jesus. Quando a paixão de nossa vida se alinha com a paixão do coração d’Ele, podemos nos colocar de lado e ver Deus fazer coisas extraordinárias. Ele transforma o negativo em positivo, os erros em acertos e as fortalezas ocupadas por piratas em templos cheios do Seu Espírito. Isso nos leva à segunda arma de nossa guerra: o Espírito Santo. A oração nos dá acesso ao trono de Deus onde ele mantém todo poder e autoridade. O Espírito Santo é parte da natureza trinitária do Senhor que habita em cada cristão. Ele transporta o poder do céu ao nosso coração para sermos conformes a imagem de Cristo. O Apóstolo João escreveu: “Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo” (1 Jo 4.4).

Há muitos anos, um grande pregador proclamou o Evangelho e uma jovem entregou seu coração a Cristo. Ao término da reunião, o pregador perguntou à jovem: “o que você fará quando o diabo bater à porta do seu coração?”. A jovem parou e pensou antes de responder. “Eu acho que só vou pedir para Jesus atender à porta”. Ela compreendeu uma grande verdade bíblica. A vitória não está no nosso poder, mas no poder d’Aquele que vive em nós. Ele é nossa força, a nossa fortaleza, a rocha da nossa salvação. Ele é aquele que nos leva a vencer.

“A oração nos dá acesso ao trono de Deus e nos permite tomar posse do poder e da autoridade de Cristo”. O Espírito Santo habita em nós e nos dá poder para demolir as fortalezas. “A oração libera o Espírito Santo para nos tornar iguais a Cristo”, afirma o ilustre evangelista Rev. Sammy Tippit.

Padre Inácio José do Vale
Professor de História da Igreja no Instituto de Teologia Bento XVI (Cachoeira Paulista). Também é sociólogo em Ciência da Religião.

No comments yet

Comments are closed

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda