Papa: o Batismo acende a vocação pessoal a viver como cristãos

Quarta-feira, 18 de abril de 2018, Da Redação, com Boletim da Santa Sé

Nesse tempo pascal, Santo Padre segue com catequeses dedicadas ao Batismo

Nesse tempo de Páscoa vivido pela Igreja, o Papa Francisco deu continuidade nesta quarta-feira, 18, às catequeses sobre o Batismo, desta vez com foco voltado para o tema “sinal da fé cristã”.

“Retornar à fonte da vida cristã nos leva a compreender melhor o dom recebido no dia do nosso Batismo e a renovar o empenho de corresponder na condição em que hoje nos encontramos”, explicou Francisco, atentando novamente para a necessidade de cada um saber a data do seu batismo, uma “tarefa de casa” que ele deixou aos fiéis na catequese da semana passada.

Entrando no rito do Batismo, a começar pelo acolhimento, o Papa explicou que, antes de tudo, pergunta-se o nome do candidato, uma vez que o nome indica a identidade de uma pessoa; Deus chama cada um pelo nome, amando cada um na concretude de sua história. O Batismo acende a vocação pessoal a viver como cristãos, implicando uma resposta também pessoal, observou o Santo Padre, frisando ainda que Deus continua a pronunciar o nome de cada um ao longo dos anos e portanto o nome é tão importante.

“Os pais pensam no nome para dar ao filho já antes do nascimento: também isto faz parte da espera de um filho que, no nome próprio, terá a sua identidade original, também para a vida cristã ligada a Deus”.

Outro momento do Batismo destacado pelo Santo Padre foi o sinal da cruz. Nesse ponto, ele observou que tantas crianças ainda não sabem fazê-lo. “Vocês, pais, mães, avós, padrinhos, madrinhas, devem ensinar a fazer bem o sinal da cruz porque é repetir aquilo que foi feito no Batismo”.

“A cruz é o distintivo que manifesta quem somos”, disse o Papa concluindo a catequese, chamando atenção uma vez mais para a importância de fazer o sinal da cruz. “Fazer o sinal da cruz quando acordamos, antes das refeições, diante de um perigo, em defesa contra o mal, à noite antes de dormir, significa dizer a nós mesmos e aos outros a quem pertencemos, quem queremos ser. Por isso é tão importante ensinar as crianças a fazer bem o sinal da cruz”.

No comments yet

Comments are closed

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda