Casais contam como vivem o domingo em família

Segunda-feira, 21 de maio de 2012 / Nicole Melhado / Da Redação  

A série de catequeses sobre família está disponível no site oficial do evento

Crescem as expectativas em Milão para o 7º Encontro Mundial das Famílias, que acontecerá de 30 de maio a 3 de junho deste ano.

Nesse período que antecede o grande evento, uma série de catequeses preparatórias sobre a família, o trabalho e a festa foi promovida na Arquidiocese de Milão e disponibilizada no site oficial www.family2012.com.

Segundo o Presidente do Pontifício Conselho para a Família, Cardeal Ennio Antonelli, as 10 catequeses bíblicas acompanhadas por textos do magistério podem ser utilizadas diretamente pelas comunidades eclesiais e pelas família.

O Arcebispo de Milão, Cardeal Dionigi Tettamanzi, por sua vez, salienta que as catequeses podem ajudar no caminho de tantas dioceses em todo mundo e se tornar referência útil para as iniciativas das pastorais familiares.

A história do casal italiano Vera e Andrea, por exemplo, elucida a 8ª catequese que tem o tema “A festa, tempo para a família”. Ela tem 35 anos e ele 37 e sempre viram o sábado e o domingo como dois dias especiais, sobretudo quando adotaram a pequena Chiara.

“Estando seis anos e meio sozinhos, existem os equilíbrios e hábitos que quando ela chegou foram mudados um pouco, também porque nós não tivemos nove meses para nos darmos conta, para nos habituarmos à ideia, que nos tornaríamos pais, mas apenas três dias”, conta Vera em entrevista ao programa No Coração da Igreja, exibido pela TV Canção Nova.

A mãe de Chiara conta ainda que o casal sempre teve o hábito de rezar junto e com a chegada da filha a oração se modificou.

“Não temos mais todo aquele tempo para rezar, buscamos nos envolver com ela, porém não é que não podemos doutriná-la, devemos acompanhá-la. Assim, rezamos com ela, por ela, mas, sobretudo, junto a ela”, explica Vera.

Antes das refeições, a oração já se tornou mais que um hábito para Chiara, é um compromisso.

“No domingo, ela sabe que vamos a Jesus. Eis o que para nós é muito importante: acreditamos que não existe um modo para ensinar seu filho a se tornar cristão, mas seu filho deve entender que para você isso é importante”, salienta Vera.

Domingo, dia de festa

“A Festa, tempo para o Senhor”: este é o tema de outra catequese, que, por sua vez, é retratada na história de Maria Pia e Roberto, que são casados há 32 anos. Além de criar um filho natural, eles decidiram abrir as portas para jovens em dificuldade.

Para eles, o domingo é um dia muito importante, que dá sentido a toda a semana. Roberto destaca que para a família, a Missa é o momento mais forte do dia de domingo, porque eles vão juntos rezar e dar graças a Deus.

“Vivemos a Missa porque somos convictos que ali encontramos nosso sustento… São coisas difíceis às vezes de se concretizar, mas quando as vivemos juntos se tornam mais simples”, afirma Maria Pia.

Uma família aberta aos outros

As catequeses preparatórias de Milão são encerradas com “A festa, tempo para a comunidade”, apresentada pelo casal italiano Manuela e Fabio, que escolheram fazer uma experiência missionária por três anos no Brasil, antes de saber da chegada da pequena Marta.

“De uma coisa estávamos seguros, segundo eu, quando nos casamos, que queríamos ser uma família aberta. Se queremos ser uma família aberta, a meu ver, as possibilidades são muitas. Para cada família, todavia, há um projeto, assinado por Deus antes; deve-se somente descobrir qual é o seu”, destaca Marta.

Para Fabio, sua vocação familiar é aquela de ser uma família aberta com um olhar sobre o mundo. Mas ele enfatiza que ter um olhar sobre o mundo não significa necessariamente sair como missionário, como eles fizeram, mas estar aberto aos outros; como seu vizinho, por exemplo, que está diante da sua casa e que, talvez, você nem conheça.

Nenhum comentário ainda

Comentários desativados

Desenvolvido por Origy Networks – Criação de sites e propaganda